De professora do primário ao UFC: Talita Bernardo muda rotina para nova luta

Depois de aceitar combate de estreia no Ultimate com uma semana de antecedência e ser derrotada, lutadora do interior do Rio para de dar aulas para crianças e foca nos treinos para lutar com Aldana

De professora do primário ao UFC: Talita Bernardo muda rotina para nova lutaDe professora do primário ao UFC: Talita Bernardo muda rotina para nova luta


Por Gustavo Garcia, Cabo Frio, RJ

Das aulas de educação física para crianças ao maior cage de MMA de mundo. Assim pode ser definida a mudança ocorrida nos últimos meses na rotina da moradora de Barra de São João, distrito de Casimiro de Abreu, no interior do Rio, Talita Bernardo. Acostumada a dividir o tempo entre a vida de professora do primário e os treinos de MMA, a lutadora deixou o antigo trabalho em dezembro do ano passado e passou a se dedicar somente à luta para enfrentar Irene Aldana no “UFC: Stephens x Choi”, em St. Louis (EUA), no próximo domingo.

Talita Bernardo (Foto: Divulgação)

Talita Bernardo (Foto: Divulgação)

“Minha vida profissional mudou, estou tendo que me dedicar mais aos treinos e buscando evoluir mais. Pedi demissão do meu emprego de professora para viver em tempo integral de luta e conseguir levar o nome da minha cidade para o mundo”, Talita Bernardo

A decisão foi tomada após a derrota na estreia no Ultimate, quando aceitou o convite da organização para enfrentar substituir Germaine de Randamie contra Marion Reneau, faltando menos de uma semana para o UFC Holanda, em setembro de 2017.

Na ocasião, Talita Bernardo surpreendeu ao realizar um grande primeiro round, porém, acabou cansando e não conseguiu repetir o mesmo desempenho na sequência do combate. A falta de preparação para a luta, devido ao tempo em que aceitou o confronto, acabou custando um nocaute técnico a pouco segundos do fim.

 Talita Bernardo acabou sofrendo com a falta de preparação para o UFC Roterdã (Foto: Getty Images)

Talita Bernardo acabou sofrendo com a falta de preparação para o UFC Roterdã (Foto: Getty Images)

 Foi nítido na última luta que eu cansei bastante devido a todos os fatores antes da luta. Mas para esta (contra Aldana) eu busquei me preparar melhor na parte física. Estou há pelo menos dois meses treinando focada para esta luta. Consegui fazer um camp completo – declarou.

Com as mudanças para o novo confronto pelo UFC e com mais tempo de preparação, Talita Bernardo revela que também passou a controlar melhor a questão de peso.

Segundo a lutadora, diferentemente da primeira vez em que pisou no cage do Ultimate e teve que perder aproximadamente 10 kg em menos de uma semana, desta vez, começou a dimuir os números na balança gradativamente.

– O meu peso agora está controlado, seguindo o cronograma do meu nutricionista esportivo Huambo Pereira. Procurei fazer um corte de peso mais apropriado para não sentir tanto. Eu não consigo me manter muito próximo do peso da categoria, sempre tenho que fazer um corte de no mínimo 10 kg devido à minha composição corporal – declarou Talita Bernardo, em entrevista ao GloboEsporte.com que você confere outros trechos abaixo.

Como foi o seu início no mundo das lutas?

– Comecei muito tarde no mundo da luta. Eu sempre fui atleta, mas de várias modalidades diferentes. Já fui até profissional de bodyboarding. Mas só aos 22 anos iniciei no jiu-jítsu. No MMA eu entrei por acaso, para ajudar uma atleta da minha equipe na parte de solo. Foi ai que despertou esse meu lado há pouco mais de 3 anos.

Talita Bernardo se prepara para segundo confronto pelo UFC (Foto: Divulgação)Talita Bernardo se prepara para segundo confronto pelo UFC (Foto: Divulgação)

Talita Bernardo se prepara para segundo confronto pelo UFC (Foto: Divulgação)

Contra a Marion Reneau você acabou derrotada por nocaute técnico faltando poucos segundos para o fim. Acha que poderia ter segurado um pouco mais?

– Eu realmente achei que o juiz não pararia a luta faltando apenas 5 segundos. Eu me fechei esperando o fim, mas, infelizmente ele parou antes. Mas serviu de experiência.

Na primeira luta você deu uma declaração que não teve tempo nem mesmo de ver as lutas da Marion Reneau. E, agora, assistiu às da Aldana?

– Sim, assisti algumas lutas dela e vi que ela é muito boa na trocação, com um boxe muito apurado.

Com isso, sendo especialista em jiu-jítsu, você procurou treinou mais a parte em pé?

– Com certeza. A gente treina mais a parte onde é mais fraca. Também tenho intensificado os treinos de boxe, sempre buscando ficar mais completa em todas as áreas.

Especialista em jiu-jítsu, Talita Bernardo tem trabalhado também a parte em pé (Foto: Divulgação)Especialista em jiu-jítsu, Talita Bernardo tem trabalhado também a parte em pé (Foto: Divulgação)

Especialista em jiu-jítsu, Talita Bernardo tem trabalhado também a parte em pé (Foto: Divulgação)

Na estreia no UFC você acabou pegando uma lutadora rankeada de cara e com pouco tempo de preparação. Você sofreu ainda com o peso da estreia. Você se sente mais confiante agora?

– Realmente eu peguei uma atleta muito dura de cara e sem estar preparada, mas, mesmo assim, acho que fiz um bom trabalho. Mas a experiência dela pesou, sim. Para essa luta acho que estou mais confiante e bem melhor preparada, farei o melhor nessa batalha.

Sua adversária vem de duas derrotas. Acha que ela pode acabar se expondo mais por estar mais pressionada?

– Pelo contrário, acho que ela será mais cautelosa por estar vindo de duas derrotas. Vai se expor menos, evitando dar brechas para que eu a leve para o meu jogo – concluiu.

Irene Aldana e Talita Bernardo se enfrentam no próximo domingo (Foto: Infografia)Irene Aldana e Talita Bernardo se enfrentam no próximo domingo (Foto: Infografia)

Irene Aldana e Talita Bernardo se enfrentam no próximo domingo (Foto: Infografia)

UFC Fight Night

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *